quarta-feira , julho 26 2017
Home / Lifestyle / Aprenda a consumir queijos de maneira saudável

Aprenda a consumir queijos de maneira saudável

Pesquisadores do Food for Health Ireland, da University College Dublin, na Irlanda, apresentaram novos estudos sobre o impacto de uma dieta rica em laticínios, realizada com 1.500 pessoas entre 18 e 90 anos. Os cientistas concluíram que os alimentos lácteos, especialmente o leite e o iogurte, podem auxiliar no controle do peso e da pressão arterial, e que o consumo de queijo não está associado às alterações nos níveis de colesterol ruim, o LDL. Outros estudos, no entanto, já sugeriam que a gordura presente no queijo não altera o colesterol devido ao conjunto de ingredientes que ele contém.

Uma das possíveis explicações é a de que as gorduras concentradas nos queijos têm efeito cardioprotetor, ou seja, elas são capazes de bloquear parte da formação de colesterol e triglicérides no fígado. Os resultados são polêmicos, segundo explica Juliana Dantas, nutricionista do HCor – Hospital do Coração de São Paulo: “Diretrizes brasileiras defendem que a ingestão de gorduras saturadas deve ser feita com cautela para manter os níveis de colesterol saudáveis. No caso especifico dos queijos, o ideal é dar preferência ao consumo daqueles menos gordurosos e evitar o consumo irrestrito de queijos brancos”, alerta.

Os queijos e suas versões
O queijo é produzido com diferentes tipos de leite: de vaca, de cabra, de ovelha, de búfala. Este alimento possui uma concentração láctea constituída de proteínas, lipídios, carboidratos, minerais, cálcio, fósforo e vitaminas, especialmente a A, B2, B9, B12 e D. De acordo com Juliana, a coloração do queijo nem sempre indica o teor de gordura. “Os queijos claros possuem gordura saturada. O equilíbrio entre as quantidades de gordura, cálcio e sódio é fundamental na hora de diferenciar os melhores a serem consumidos”, explica.

Abaixo, confira as diferenças entre os tipos de queijo e como ´fazer um consumo não prejudicial:

Cottage: rico em proteínas e cálcio, e contém baixo teor de gordura e colesterol. Boa opção para patês como acompanhamento de frutas e geleias.

Ricota: fonte de proteína e cálcio e teor de gordura, colesterol e sódio mais baixos. Acompanha bem saladas, sanduiches e geleias.

Minas: alto teor de gordura e colesterol. É rico em proteínas, cálcio, ferro e fósforo. Boa opção para saladas e sanduiches naturais.

Mussarela: teor de gordura e colesterol elevado. Sua versão light possui menos gordura. Ótima fonte de proteína e cálcio, porém deve ser consumido com moderação. Combina com sanduíches e saladas.

Mussarela de búfala: este queijo apresenta maior concentração de cálcio e proteínas, e baixo teor de gorduras saturadas e colesterol. Vai bem com sanduíches, saladas e petiscos.

Prato: alto teor de sódio, gordura e colesterol. Este queijo combina com sanduíches, mas deve ser consumido moderadamente.

Provolone: grandes concentrações de cálcio e proteínas, porém rico em gordura e colesterol. Ideal para petiscos com moderação.

Brie: alto teor de gordura e colesterol. É fonte de proteínas e cálcio. Acompanha geleias, mas deve ter moderação.

Parmesão: contém alto teor de gordura saturada e colesterol. É também ótima fonte de proteína e cálcio, mas é preciso moderação. Vai bem em sopas e saladas.

Lembre-se: antes de fazer qualquer dieta, consulte um especialista.

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

A psiquiatra Carmita Abdo. 
(Crédito: Divulgação/Gustavo Rampini)

Sabia que alguns remédios prejudicam a ereção?

Você sabia que a falta de ereção masculina pode ser causada pelo uso de alguns …