sábado , julho 22 2017
Home / Lifestyle / É melhor correr de manhã ou à noite?

É melhor correr de manhã ou à noite?

Qual horário é melhor para corrida: manhã, tarde ou noite? Esta dúvida é muito comum entre aqueles que querem iniciar um treino de corrida – ou mesmo para quem já pratica o esporte. A verdade é que não há um horário certo ou errado, embora haja vantagens e desvantagens em cada período do dia, como temperaturas mais amenas pela manhã ou uma noite mal dormida pode prejudicar o desempenho, por exemplo. O mais importante é aprender a “ouvir” o corpo. Entender como ele funciona e como responde aos estímulos é fundamental para obter o melhor resultado.

Cada organismo reage de uma forma ao exercício, que dependem, segundo o fisiologista do esporte do HCor – Hospital do Coração, em São Paulo, Diego Leite de Barros. Fatores como qualidade do sono, alimentação, estresse e até questões hormonais. A sensação de bem-estar, proporcionada pela liberação de endorfina, após um treino matinal, pode melhorar a disposição para enfrentar o resto do dia. Por outro lado, à noite, os músculos e articulações estão mais preparados para suportar o esforço físico.

“Se o objetivo é melhorar o rendimento nos treinos, por exemplo, as corridas outdoor favorecem a melhora da técnica e o rendimento para provas mais longas. Independente do horário e dos objetivos, o essencial mesmo é treinar nas horas em que mais se encaixam na rotina de cada um”, orienta Diego Leite de Barros. “É importante nunca se esquecer do bom senso: hidratação, alimentação, calcados adequados e roupas confortáveis”, diz.

Lembre-se de fazer um check-up prévio – hemograma, testes de avaliação de colesterol e glicemia, teste ergométrico, entre outros, além de orientação profissional.

Para aqueles que funcionam melhor de manhã, outras que à tarde estão muito bem-dispostas e aos que à noite estão ligadões ou apagados, seguem algumas dicas:

Desjejum: antes de qualquer prática de exercício é importante estar bem alimentado. Vale uma fruta, uma barra de cereal ou um sanduíche de queijo light.

Sono: uma boa qualidade de sono é fundamental. Para o organismo se recuperar, procure dormir de 6 a 8 horas.

Hidratação: não esquecer de ingerir água ou isotônicos durante os treinos e ao longo do dia, após a atividade.

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

mamografiapristina

Novo aparelho para mamografia permite que mulheres controlem o exame

Muitas mulheres deixam para depois a realização da mamografia pelo medo da dor e do …