sexta-feira , outubro 20 2017
Home / Lifestyle / Lentes de contato precisam de cuidados em dobro no verão

Lentes de contato precisam de cuidados em dobro no verão

Em dias de verão, férias, quem usa óculos opta por trocar por lentes de contato, pela maior praticidade e pela estética. Entretanto, os cuidados com estes itens devem ser enfatizados pelo risco de complicações devido ao mau uso e conservação.

A médica oftalmologista, especialista em Córnea e Lentes de Contato da equipe do H. Olhos – Hospital de Olhos Paulista, Helena Oliveira, explica que não é aconselhável utilizar as lentes de contato com frequência durante o banho de mar ou piscina. “O ideal é evitar a exposição, mas caso isso não ocorra, existem lentes mais adequadas para esta situação como, por exemplo, as de descarte diário. Em tese, elas possuem menor risco de contaminação, pois a cada dia será utilizada uma lente que estará armazenada em recipiente estéril”, ressalta.

Deve-se também atentar para os cuidados básicos de higiene, forma de manuseio e prazo de validade das lentes. É importante lavar bem as mãos antes de manuseá-las, bem como utilizar bancada igualmente limpa. As lentes não devem ser limpas com água ou água boricada em nenhuma hipótese. Pode-se usar o soro fisiológico em situações excepcionais. “É de extrema relevância utilizar o produto correto diariamente para a limpeza adequada”, comenta a médica.

Ela explica também que, a princípio, as lentes podem ser utilizadas por até 12 horas/dia, mantendo sempre o acompanhamento médico para avaliar o paciente durante o período de uso. Importante lembrar também que não é recomendado dormir com as lentes.

Outro ponto de atenção diz respeito às viagens de avião. O ideal é utilizar os óculos, pois nas aeronaves o ar torna-se mais seco. Caso as lentes sejam indispensáveis, deve-se procurar o oftalmologista, para adequada orientação e prescrição de colírios lubrificantes.

Caso surja algum tipo de irritação ocular, vermelhidão, dor, secreção ou desconforto à presença da luz, o médico deve ser procurado. “Nestes casos, é importante investigar a presença de processo inflamatório ou infeccioso, principalmente as úlceras de córnea. Caso não haja tratamento adequado em tempo hábil pode haver complicações mais graves”, finaliza a médica.

É importante enfatizar que a adaptação de lentes de contato deve ser feita pelo médico oftalmologista, pois ele irá avaliar se há indicação de uso e qual o tipo adequado de lente para cada paciente.

 

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

Já ouviu falar em avaliação 2D para corredores?

    Se você acha que o número de pessoas correndo a sua volta só …