sábado , julho 22 2017
Home / Lifestyle / Pesquisa revela: sete em cada dez brasileiros comem chocolate

Pesquisa revela: sete em cada dez brasileiros comem chocolate

Uma pesquisa da Ipsos feita com 25,5 mil pessoas revela que sete em cada dez brasileiros comem chocolate, sendo que um terço diz consumir o produto pelo menos uma vez por semana.

Mesmo os adeptos de exercícios físicos não se privam do doce. De quem tem o hábito de fazer algum exercício físico, 69% comem chocolate. “O consumo do produto está presente na vida de boa parte dos brasileiros, mesmo entre os que estão preocupados com a alimentação saudável e a aparência física. Dentre os que têm interesse por regime, dieta e nutrição, 73% consomem chocolate,” afirma Diego Oliveira, diretor de contas de Ipsos Connect, unidade de negócio dentro da companhia responsável pelo estudo.

JOVENS x IDOSOS

A pesquisa também revela que à medida que envelhecem, o consumo do chocolate diminui. A porcentagem de adolescentes que aprecia o doce é mais do que o dobro do percentual registrado entre os idosos. Ao todo, 89% dos entrevistados entre 13 e 19 anos responderam afirmativamente quando questionados sobre o consumo de chocolate. Esse número cai a cada mudança de faixa etária e fica em 42% na população com mais de 60 anos.

Entre as mulheres, 71% disseram comer o doce contra 64% entre os homens. Elas também consomem o produto de forma mais frequente que eles: 35% das entrevistadas disseram comer chocolate pelo menos uma vez por semana contra 30% entre os entrevistados masculinos.

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

mamografiapristina

Novo aparelho para mamografia permite que mulheres controlem o exame

Muitas mulheres deixam para depois a realização da mamografia pelo medo da dor e do …