quarta-feira , agosto 23 2017
Home / Lifestyle / Sabia que alguns remédios prejudicam a ereção?

Sabia que alguns remédios prejudicam a ereção?

A psiquiatra Carmita Abdo.  (Crédito: Divulgação/Gustavo Rampini)
A psiquiatra Carmita Abdo.
(Crédito: Divulgação/Gustavo Rampini)

Você sabia que a falta de ereção masculina pode ser causada pelo uso de alguns medicamentos? O alerta é da psiquiatra renomada e sexóloga Carmita Abdo, que participou do 6º Fórum da Saúde e Bem-Estar, promovido pelo LIDE, nesta segunda-feira, em São Paulo. A falta de libido é um problema que atrapalha a vida conjugal, aponta o médico Miguel Srougi, professor de Urologia da USP.

Durante o painel “Sexualidade e Saúde”, Carmita destacou que ” 1/4 da qualidade de vida vem da vida sexual satisfatória” e que ” a disfunção erétil passou a ser um marcador de saúde do homem”.

Na lista de remédios que afetam negativamente a função sexual, segundo Carmita Abdo, estão os diuréticos (furosemida, espironolactona), os usados para hipertensão (reserpina, metildopa), betabloqueadores, antialérgicos, anorexígenos, o hormônio progesterona, corticóides e até o remédio para úlcera cimetidina.

Lembre-se sempre de consultar sempre o seu médico e jamais faça uso de medicamentos por conta própria!

 

 

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

oleococo

“Óleo de coco é vilão”, alertam especialistas

Há algum tempo  o óleo de coco virou o queridinho de pessoas que querem emagrecer. …