terça-feira , julho 25 2017
Home / Lifestyle / Uma lista com ações de A a Z para você perder peso

Uma lista com ações de A a Z para você perder peso

 

O segredo para o emagrecimento saudável e o peso ideal continuado são o desejo de todos nós, não é verdade? Dietas restritivas da moda não se mostram tão eficientes quanto a mudança de comportamento, pois não incorporam no processo as estratégias necessárias para quebrar maus hábitos rotineiros e formar novos hábitos mais saudáveis. De acordo com as pesquisas, entre pessoas que buscam dietas convencionais, 40% recuperam o peso perdido ou engorda mais em até um ano e a grande maioria do restante desse grupo recupera o peso ou ganha ainda sobrepeso em até três anos.

Hábitos são comportamentos repetidos no dia-a-dia até que passam a ser automatizados pelo cérebro em maior ou menor intensidade. Criamos um atalho entre um contexto e uma resposta automática cerebral. E esses comportamentos representam aproximadamente 45% de nossas ações diárias. E isso está totalmente ligado ao nosso hábito alimentar. Por exemplo, uma pessoa pode ter o hábito de toda vez que entra em casa, assim que fecha a porta buscar algo para beliscar, estando ou não com fome.

Nossa rotina diária nada mais é do que uma sequência de decisões, no entanto, o que o estudo mostra é que aproximadamente 45% delas são feitas no “piloto automático”. E, entre estas decisões, 200 delas são opções alimentares. O oposto do “comportamento automatizado” é o que os estudos classificam como “comportamento flexível”. A quebra de hábitos indesejados criando novas respostas ao ambiente do indivíduo possibilitando que ele assuma o controle dessas decisões de forma mais racional.

“Quando temos como objetivo o controle da obesidade, se não formos capazes de quebrar os maus hábitos que a levaram ao sobrepeso, não existe dieta que fará com que alcancemos o emagrecimento de forma saudável e continuada. E essa é a causa do temido ‘efeito sanfona’”, explica Bruno Cabrera, educador físico e um dos idealizadores do Emagreça Sem Dieta.

Para assumir o controle de nossas decisões cria-se, então, uma ruptura da rotina já automatizada pelo cérebro. Uma série de tarefas diárias que envolvem atitudes diversas e nem sempre precisam estar condicionadas diretamente às questões alimentares. Um dia dedicado à organização de uma gaveta ou armário, ou uma noite de desintoxicação digital sem acesso a aparelhos eletrônicos são alguns exemplos.

Desafio da Transformação de A a Z.

A partir das descobertas científicas, Bruno Cabrera organizou uma lista com 26 tarefas que podem comprovar os efeitos que tem ajudado muitas pessoas ao redor do mundo no combate à obesidade. Bastar organizar-se e definir a ordem que preferir. Para melhores resultados é importante apenas manter no foco que quanto mais tarefas forem realizadas, mais rápido será o emagrecimento. Escolha uma por dia, vá descartando as que já cumpriu e divirta-se perdendo peso.
A – Alongue-se – Gatos e cachorros não se espreguiçam à toa. Oxigene seus músculos com alongamentos.
B – Brinque com uma criança Mergulhe no universo mágico de uma criança e brinque de verdade por 30 minutos.
C – Cozinhe / Se já cozinha, inove e arrisque um prato inédito. Se não cozinha, hoje é o dia de aprender.
D – Divirta-se /Saia da rotina e faça algo que goste. Mesmo que tenha que dormir mais tarde nesse dia.
E – Explore a Natureza/ Nós não somos meros espectadores da natureza, somos parte dela. Respire ar puro.
F – Feche a página/ Se livre de um problema antigo. Não importa quem estava errado, resolva a situação.
G – Ginástica Natural/ Sapo, aranha, tigre, macaco… Gaste alguns minutos imitando-os o mais precisamente.
H – Homenagem/ Faça um breve discurso de gratidão ou parabenização a três pessoas importantes pra você.
I – Inicie um projeto/ Tire algum projeto da gaveta (ou da cabeça). Monte algo que o explique e peça opiniões.
J – Jogo de tabuleiro/ Diversão de crianças, jovens e (porque não?) adultos. Reúna uma turma e boa diversão.
K – Kkkkk/ Faça alguém gargalhar. Conte um fato engraçado, ou aprenda uma boa piada.
L – Limpeza geral/ Seu carro, sua casa, algum cômodo, ou até mesmo a casa de amigo ou parente.
M – Mudança de Móveis/ Mãos à obra, que tal curtir um novo ambiente sem precisar comprar nada de novo?
N – Narre si mesmo/ Narre cada uma de suas ações por 15 minutos. (“se levantou, escovou os dentes, sorriu…”).
O – Observe pessoas/ Vá à um lugar com bastante gente e apenas observe (óculos escuros podem cair bem ).
P – Praticar esporte/ Esporte diferenciade atividade física pela questão“competitividade”.Experimente um novo.
Q – Quebre um silêncio/ No trabalho, dentro do ônibus, ao lado de um estranho. Simplesmente diga alguma coisa.
R – Realize uma aula FIT/ Hora da atividade sem competitividade. Agende uma aula experimental e pratique atividade física.
S – Socialize/ Vá à um evento, museu, teatro, praça ou qualquer novo lugar. Se forsozinho, conheça alguém.
T – Trace o plano da folga/ O que você fará no próximo final de semana, feriado ou dia de folga? Planeje hoje esse dia.
U – Use a internet/ Procure a pessoa que more mais longe de você e tenha uma boa conversa com ela.
V – Viaje/ Nem que seja até a cidade vizinha pra tomar um café com leite e voltar antes do sol se por.
W – Wow/ Surpreenda alguém. Faça algo totalmente inesperado e observe a reação da pessoa.
X – Xisss…/ Treine seu sorriso. Expressões de felicidade genuína atraem mais que beleza.
Y – Yes!!!/ Faça sua lista de conquista. Não a de coisas à conquistar, e sim de conquistas realizadas.
Z – Zzzz/Durma 1 hora a mais. Reserve um dia que não tenha compromissos cedo e durma pouco mais.

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

mamografiapristina

Novo aparelho para mamografia permite que mulheres controlem o exame

Muitas mulheres deixam para depois a realização da mamografia pelo medo da dor e do …