quinta-feira , outubro 19 2017
Home / Saúde Bucal / Empresa oferece serviços de ortodontia acessíveis a todas as classes sociais

Empresa oferece serviços de ortodontia acessíveis a todas as classes sociais

Visando oferecer atendimento odontológico a quem não tem acesso a serviços de ortodontia, uma rede abraçou esta demanda,  com foco nas classes C/B, C/D.  A Redeorto realiza, por mês, 70 mil clientes em 17 estados e Distrito Federal.

A maioria de seus clientes é formada por mulheres (69%), homens (31%), entre os 11 e os 34 anos (90%).

A rede foi criada em 2006, por Rubens Vergani e seus sócios Renato Vergani e Afrânio Wehbe, com a proposta de oferecer tratamento odontológico acessível e de qualidade. Hoje está entre as maiores redes de franquia de clínicas odontológicas.

Com 10 anos de mercado,  já tem 90 unidades franqueadas em operação em todo o Brasil – em odontologia – e outras 18 a serem inauguradas.

Em 5 anos, a Redeorto quer passar do 5º lugar, que ocupa hoje no mercado, para o 3º.

Para o cirurgião-dentista Rubens Vergani, sócio-diretor, os dados do mercado de franchising são animadores face ao cenário de crise na economia brasileira. Em 2015, o setor manteve crescimento de 8,35%, faturamento de R$140 milhões, com um total de 138 mil unidades no território brasileiro, sendo responsável por mais de 1 milhão e 100 mil empregos diretos.

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

Artigo: Remédios para Osteoporose e os Riscos para Saúde Bucal

Por Dr. Gregório Sagara da Consultor Científico da SIN Implantes A osteoporose atinge cerca de …