terça-feira , julho 25 2017
Home / Tratamentos / Curso de Revisão em Hematologia do Einstein vai discutir transplante de medula óssea

Curso de Revisão em Hematologia do Einstein vai discutir transplante de medula óssea

Com profissionais renomados e trazendo para discussão temas de grande relevância, como transplante de medula óssea em pacientes com anemia falciforme e outras doenças, o Hospital Israelita Albert Einstein realiza nesta quarta-feira, dia 28, e até sexta-feira, dia 30, o XI Curso de Revisão em Hematologia e Hemoterapia. Durante o XI Curso, ocorrerá o III Simpósio em Hematologia, Hemoterapia e Transplante de Medula Óssea – realizado em conjunto com o MD Anderson Cancer Center.

 

O médico Ricardo Helman falará da experiência em dez transplantes de medula óssea em anemia falciforme realizados no Einstein. Os especialistas Fábio Pires, Paulo Campregher e Nelson Hamerschlak apresentarão trabalhos em leucemia mieloide aguda, doenças mieloproliferativas e mielodisplasias, com estudos publicados em diversas revistas científicas renomadas, com resultados de projetos realizados no Einstein.

 

O médico João Guerra falará sobre a abordagem do paciente que sangra em um hospital. Guerra é líder do “código H”, protocolo que preconiza o acionamento do código sempre que houver um paciente com hemorragia ou suspeita, no Einstein, deflagrando ações da assistência e corpo clínico que evitam complicações graves.

 

A médica Carmem Bonfim mostrará os cuidados com insuficiência de produção de sangue pela medula óssea de forma congênita enquanto Phillip Scheinberg falará sobre anemia aplástica.

Também integra a programação do XI Curso de Revisão e Atualização em Hematologia, o II Simpósio de Atualização em Oncologia Pediátrica.

 

O livro “100 perguntas sobre Leucemia Linfocítica Crônica” será lançado durante o XI Curso e distribuído gratuitamente a todos os presentes. “Trata-se de uma obra com dez capítulos, cada um com dez perguntas, cobrindo todos os aspectos da doença desde a epidemiologia, biologia, passando pelo correto diagnóstico, tratamento, novas drogas disponíveis e transplante de medula óssea”, conta Nelson Hamerschlak, Coordenador de Hematologia e Transplante de Medula do Einstein.

 

Pioneirismo

 

O primeiro transplante de medula óssea no Einstein foi realizado em 1987. De lá até maio deste ano, foram 1072 transplantes. E no dia a dia, a equipe dribla a rotina da espera para a esperada “pega medular”, após um transplante de medula óssea, de maneira bem criativa e descontraída. Um bolão, que já é tradição há anos, premia quem acertar qual dia vai ocorrer a pega, que  geralmente ocorre entre dez e 30 dias após o transplante.

 

Os palpites são colados em cartazes ou até mesmo feitos em bola de futebol. Participam do bolão parentes e toda a equipe multidisciplinar que atende o paciente, desde os médicos às nutricionistas. O ganhador principal, claro, é o paciente, que tem na confirmação da pega medular a chance de cura, o “renascimento”. O acertador do Bolão recebe prêmios simbólicos, como caixa de bombons ou cestas com produtos.

 

Serviço:

XI Curso de Revisão em Hematologia e Hemoterapia

Data: de 28 a 30 de junho

Local: Auditório Moise Safra – Av. Albert Einstein, 627, Morumbi

 

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

artrite

Pesquisa revela que novo medicamento consegue eliminar sintomas da artrite reumatoide

Um novo medicamento, o upadacitinibe, em desenvolvimento pela AbbVie, tem apresentado bons resultados em pacientes …