sábado , julho 22 2017
Home / Tratamentos / Herpes labial sem tabus: chega ao Brasil novo tratamento

Herpes labial sem tabus: chega ao Brasil novo tratamento

Uma pesquisa encomendada pelo laboratório Aché, feita com 100 pessoas com o vírus HSV no país, mostra que 37% têm herpes labial – no mundo são  40%. Mais de 90% dos entrevistados com herpes labial têm entre 25 e 40 anos e, para 72%, a doença se manifestou cedo, antes dos 20 anos. A longa convivência com a dor e o constrangimento causados pelas crises se agrava pelo fato de que, para 37% dos pacientes, os episódios ocorrem mais de duas vezes ao ano, podendo superar quatro crises anuais.

Cada uma dessas crises representa um nível de incômodo descrito por 78% dos entrevistados com herpes labial como de médio a muito alto. Os pacientes têm que lidar, a cada novo episódio, com a dor no local das lesões, o abalo psicológico e o receio de potenciais desfigurações durante o processo de cicatrização das feridas.

– Existe sim um estigma da doença no nosso país. E muitas pessoas se tratam por conta própria –  comenta Walmar Roncalli Pereira de Oliveira, dermatologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

A pesquisa foi apresentada em São Paulo, no salão MG Hair, na capital.

O primeiro medicamento com foco na prevenção do herpes labial acaba de chegar ao Brasil. De  nome Resist, é a  primeira lisina registrada pela ANVISA

A lisina administrada durante o curso das infecções herpéticas recidivantes diminui os sintomas, o tempo da infecção e acelera o processo de cicatrização.  – Por apresentar mecanismo de ação supressivo da replicação viral, é empregada principalmente de forma profilática, diminuindo a frequência das recidivas- , explica o médico.

herpes

 

 

ENTENDA A LISINA

A lisina está presente em alguns alimentos, como as proteínas de origem animal, a soja e certos legumes, mas o corpo humano não consegue produzi-la, dependendo da sua ingestão.

O seu papel fundamental é inibir a arginina, aminoácido que tem uma função contrária à da lisina no organismo – ou seja, ela ajuda na reprodução do vírus. Como elas competem dentro da célula, o aumento da lisina no organismo significa uma queda da arginina, e manter essa relação (mais lisina e menos arginina) é essencial para frear o herpes labial.

O Resist® tem como princípio ativo o Cloridrato de Lisina, substância com comprovação científica de segurança e eficácia, em concentração de 500mg por cápsula. Disponibilizado em duas apresentações para atender às necessidades do paciente, o medicamento pode ser adquirido em caixas com 30 ou 90 cápsulas. De forma geral, o medicamento deve ser administrado três vezes ao dia, juntamente com as refeições, durante seis meses ou de acordo com a orientação médica.

Comentários

Sobre Jaqueline Falcão

mm
Jornalista por paixão e formação, Jaqueline Falcão escreve sobre saúde desde 2001. Começou no Diário Popular como repórter, foi editora de Saúde do Diário de São Paulo. Depois, foi transferida para o jornal O Globo, sucursal São Paulo, onde permaneceu por 7 anos. A ideia de criar o "Página da Saúde", voltado para falar de tratamentos, descobertas da medicina, qualidade de vida, foi a vontade de ter mais liberdade para falar saúde em seus diversos aspectos para pessoas que cada vez mais buscam informação de credibilidade. E para isso está sempre em coletivas, seminários e congressos médicos para trazer as novidades. Na Europa e Estados Unidos, participou de coberturas em congressos e seminários sobre os temas tabagismo, câncer, esclerose múltipla, pesquisa clínica, saúde masculina, saúde feminina, depressão, vacinas e patentes. Entre os cursos e workshops na área de jornalismo de saúde, destaque para ressuscitação cardiopulmonar, infarto, câncer de pele, tabagismo, pesquisas clínicas no Brasil e no Mundo, lançamentos de novas classes de medicamentos, realizados em instituições como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, Unicamp, Tufts University (Boston - EUA), UC San Diego, Inter American Press Association (IAPA) e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Veja Também

batxter

Diálise de paciente renal agora com maior controle

    O Brasil tem mais de 120 mil pacientes com problema renal que fazem …